Crianças e o desporto

Crianças a jogar beisebol

Gastar energia, encontrar o seu equilíbrio e compartilhar momentos de prazer com outros companheiros, adquirir segurança e confiança em si mesmo, … Os benefícios do desporto são muitos para as crianças. Na continuação preparámos um artigo com o que verás a importância do desporto para o desenvolvimento das crianças.

Criança e desporto, um binómio vencedor

As razões são muitas. Em primeiro lugar, o desporto contribui a favorecer um crescimento são e equilibrado, com benefícios notórios desde de um ponto de vista físico e psicológico. A actividade desportiva deve ser praticada correctamente, tendo em conta as características físicas da criança, a sua idade e as suas aptitudes. O desporto permite também romper com o estado sedentário que caracteriza a existência das novas gerações.

O desporto praticado desde da idade mais nova permite ao mesmo tempo melhorar as prestações físicas da criança e facilitar a sua socialização com outras crianças, estimulando o seu desenvolvimento. Não obstante, certos parâmetros devem ser tidos em conta para o bem e saúde da criança.

Tão depressa como a criança é capaz de expressar as suas preferências para tal ou tal actividade, é bom deixar-lhe a escolha de praticar a actividade que deseja, sem impor-lhe os nossos próprios desejos. Se a escolha da criança é de um desporto inadaptado para a sua idade, fala disso com ela, explicando-lhe as razões da impossibilidade de inscrevê-lo nesse desporto. Podes pensar como alternativa, direccioná-lo a um desporto mais acessível, ainda que semelhante, e propô-lo à criança.

Também deves saber que qualquer que seja a actividade desportiva, podes assistir a uma sessão com a criança sem compromisso com a finalidade de fazer-lhe descobrir o desenvolvimento do mesmo. A maioria dos clubes também propõem a participação gratuita da criança de uma ou duas sessões com o fim de que o “pequeno desportista” descubra realmente o desporto.

É importante que a disciplina desportiva praticada pela criança seja completa para um desenvolvimento harmonioso da musculatura da criança. Qualquer actividade intensa será prejudicial para o pequeno na medida em que certos grupos musculares correm perigo de serem solicitados muito mais do que outros, pelo que criará um desequilíbrio na evolução da criança em pleno crescimento.

Se a criança parece sempre cansada ou se queixa de dores, interrompe o treino durante uma semana com a finalidade de que descanse. Um esforço excessivo ou inadaptado para a idade do crescimento, pode ser nefasto para a criança. Recordemos que a actividade desportiva para a criança deve ser, antes de tudo, um prazer, uma distracção e não um desafio constante.

Partilha na tua rede social:
Mais no ABC Crianças:
Aviso legal Contacto Google+ Facebook